Sessões Plenárias

CristineCristine Angulski da Luz é graduada em Direito pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL – Tubarão) desde 1997. Cursou a Escola Superior do Ministério Público de Santa Catarina entre os anos de 1997 e 1998. Ingressou na carreira do Ministério Público de Santa Catarina em 2001, tendo ocupado o cargo de Promotora de Justiça nas Comarcas de Sombrio, Urussanga, Araranguá e Chapecó. Foi membro do Conselho Consultivo do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos e Terceiro Setor e do Conselho de Políticas e Prioridades Institucionais, ambos do MPSC. É titular da 15ª Promotoria de Justiça de Joinville. Desde abril de 2015 exerce a função de Assessora Jurídica-Administrativa do Procurador-Geral de Justiça.

Título: A linguagem na atuação jurídica


 

s200_paulo.cortes_gago.jpgPaulo Cortes Gago é professor associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Departamento de Letras Anglo-Germânicas, e trabalha com o ensino de Alemão como Língua Estrangeira (DaF) na graduação. Atua no Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, desenvolvendo pesquisa na área de Linguagem e Interação, como foco nas práticas profissionais em contextos institucionais, e ênfase na intervenção de terceiras partes em situações de conflito. Foi coordenador do Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos da Universidade Federal de Juiz de Fora entre 2012 e 2015. Participa como parecerista em comissões editoriais de revistas e consultor ad hoc de agencias de fomento à pesquisa. Exerce a função de pesquisador de produtividade de pesquisa do CNPq.

Título: Análise da Conversa Aplicada na mediação familiar judicial: construindo pontes


 

s200_rui.sousa-silva.jpgRui Sousa-Silva é professor auxiliar convidado da Faculdade de Letras e investigador de pós-doutoramento do Centro de Linguística (CLUP) da Universidade do Porto, onde desenvolve atualmente a sua investigação em Linguística Forense e Cibercrime. É licenciado em Tradução e Mestre em Tradução e Terminologia pela FLUP e doutorado em Linguística Aplicada pela Aston University (Birmingham, Reino Unido), onde defendeu com máximo êxito a sua tese em Linguística Forense “Detecting Plagiarism in the Forensic Linguistics Turn”, na qual propôs uma abordagem à deteção de plágio translingue. É coordenador do Curso de Especialização em Linguística Forense da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, autor e coautor de vários artigos sobre análise de autoria (computacional) e coeditor, com o Professor Malcolm Coulthard, da recém-criada revista internacional bilingue Language and Law – Linguagem e Direito.

Título: Linguística Forense: a nova arma na luta contra o cibercrime

Anúncios